Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

http://chadasduas.blogs.sapo.pt

FERIAS'14 CAMPING III - Parte 1

Nunca cheguei a falar de como foram realmente as férias e da minha opinião sobre toda a aventura.

Antes de mais nada, amei acampar.
Não me importo de faze-lo todos os anos.

Fizemos os seguintes parques de campismo:

 

{#emotions_dlg.ponta_delgada}Parque de campismo da Ilha do Pessegueiro
{#emotions_dlg.ponta_delgada}Parque campismo de Vila Nova de Milfontes (Camping Milfontes)

{#emotions_dlg.ponta_delgada}Parque de campismo de S. Miguel (Perto de Odeceixe)

{#emotions_dlg.ponta_delgada}Parque de Campismo de Aljezur.

 

Gostei no geral de todos eles, tendo eu uma preferência pelo de Milfontes. Adoro a localidade e adoro o parque em si.

 

O da Ilha do Pessegueiro, é bastante calmo (que é bom), mas não tem sombra. O duche do balneário mais próximo da minha tenda tinha água fria. A Mercearia não era grande, mas dava para desenrascar. Não tinha piscina, mas á noite, havia animação no bar. Não tem rede Wifi.

 

Camping Milfontes – Adoro. É certo que tinha muita gente, e que era muito mais confusão. De manhã ouvia-se logo as pessoas, e a noite também. Mas Adoro. Gosto do facto de ter recantos e uma espécie de “terreno” para cada pessoa. Os balneários são razoáveis. A Mercearia é brutal e tem tudo o que precisamos. E tem piscina paga. A piscina não é muito grande, e tem sempre muita gente, mas para os dias em que não dá vontade de fazer algo, era ótima. Tem rede Wifi, mas falhava algumas vezes.

 

Camping S. Miguel – Bem, a maioria das pessoas adora. Acho eu! Não tem “ar” de camping quando entramos. Notei que era um parque grande e com boas condições. Os duches eram normais. Achei tudo estranho ao início. Tinha-me custado deixar Milfontes para traz.
Depois, até gostei. Tinha um opimo restaurante, uma boa mercearia, e uma boa piscina.

O Grande defeito que achei, no qual fui a grande culpada, foi o local, dentro do parque, que escolhemos para ficar.

Ficamos no meio de duas rulotes e uma tenda. Obviamente iria ser desconfortável. Fazíamos barulho aos outros, e os outros faziam barulho a nós. Não gostei mesmo nada.
Pode ser por esse motivo que não tenhas gostado tanto do parque.

 

O parque de Campismo de Aljezur – Camping Serrão era também muito bom. Era muito grande e tínhamos espaço para escolher o sítio mais sossegado. Assim fizemos, escolhemos um sítio com menos pessoas (apesar de depois irem-se lá colocar perto outras pessoas). Era calmo. Os balneários eram dos melhores que tinha estado, dos 4 campings que tinha estado alojada.
A Mercearia era pequenina, mas dava para desenrascar. Tinha Piscina GRATIS, o que fez que fosse-mos lá duas ou três vezes depois da praia. Tinha um restaurante e um café. Não tinha grande apresentação a nível de instalações (Parecia uma espécie de associação recreativa convertida em restaurante e café), mas a comida tinha bom aspecto.

 

O facto de mudarmos de sítio 4 Vezes foi bom para conhecer novos sítios. Estivemos em praias magníficas.

Para mim, as melhores foram: Praia de S. Torpes (MARAVILHOSA AQUELA ÁGUA), Praia de Vila Nova de Milfontes (Não me recordo do nome); Praia da Zambujeira do Mar (em não festival do Sudoeste), pela paisagem, Praia de Odeceixe e a Praia do Carvalhal. Adorei a Paisagem da Praia do Malhão, mas odiei as quase 200 escadas {#emotions_dlg.tongue} e a enchente da água cedo.

 

 

Comes e bebes:
Almoçamos muitas vezes sandes e jantamos muitas vezes no campismo, mas fizemos as nossas provas gastronómicas. Adorei cozinhar no campismo e experimentar coisas novas. Afinal, ainda vou ser uma grande Chef de Cozinha (Menos Olga, Menossss!)

Restaurantes recomendos: Chill Out Grill em Aljezur e Azenha do Mar – S.Teotónio

 

 

Tudo o que levei em malas e na carrinha nesta viagem, acho que me fez falta.
Usei molas da roupa, á tesoura, às sandálias mais altas para aquele jantar mais requintado, etc.

Tudo me foi útil, principalmente o baralho de cartas, que fez com que se animassem os nossos dias, fazendo nos rir muito. Fomos uns grandes jogadores da Bisca do 9.
Outra das nossas companhias nos primeiros dias, foram os livros. Lemos e Lemos.

"A vida num Sopro" e "Milionário em Lisboa" de José Rodrigues dos Santos e "Estou Nua e Agora?" de Francisco Salgueiro.

Os dois primeiro são livros Fortes, com Grandes Histórias do meio envolvente ás personagens. São Fascinantes e Complexos. Adorei.
O Outro, “Estou Nua e Agora?”, é um livro pequeno, soft, fácil de ler, super engraçado. Um livro para ler “na boa” e muito viciante.

 

Para além da Costa Alentejana / Vicentina, fomos no nosso último dua completo até Albufeira passar a última noite, mas antes, fizemos uma passagem em Lagoa - no "Slide and Spash" e foi BRUTAL.

 

Adrenalina, Gritaria e Palmas de Felicitação quando os outros chegavam ao final da piscina com ar de satisfeitos. 

 

Uma Verdadeira Festa! A companhia também foi a melhor!

 

Nesse dia, arranjamos um quarto á última da hora (Caríssimo. Só de pensar me dá arrepios) em Albufeira. Fomos jantar a um excelente Restaurante “Cervejaria Granfinus”.

 

Boa comida, bom serviço, boa companhia, bom vinho, bom tudo. Adorei.

 

E Pronto, podia contar muitas mais coisas, mas destas férias fica por aqui.

 

Agora, vai lá Fónhónhó, para as tuas Férias…. Estão brevemente aí!!!




 

 

( O meu 1.º Almoço Oficialmente de Férias. O último Almoço dela Oficialmente de Férias - parte 1).

 

 

(As nossas saladas bem avantajadas e as nossas assadas......!) 

 

 

 

 (A vista do nosso T0 no Parque de Campismo da Ilha do pessegueiro )

 

 

 

 

 

 (Paisagens da Costa Vicentina)

 

 

 

 

(Saída do Parque de campismo de Vila Nova de Milfontes)

 

 

 

 (O chapéu que comprei em VNMF, juntamente com o lencinho amarelo que comprei aparte, que desapareço. Usei 2 dias e puf "tudo o vento levou..." !)

 

 

(Jogar ás cartas... Grande Vicio!!!)

 

 

 


TO BE CONTINUED... 

 

 

 

____ 

Olga Ferraria


 

 

 

2 comentários

Comentar post