Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://chadasduas.blogs.sapo.pt

Rachar para não partir

 

Há aqueles dias em que lemos a coisa certa, na hora certa e parece que fomos nós que escrevemos. Hoje, numa das vistas a um dos blogs que mais sigo "Cocó na Fralda" de Sónia Morais Santos, vejo que ela escreveu sobre ele ( até podia dizer: ...sobre mim!). Identifico-me tanto com o texto, que podia tentar reescreve-lo e colocar aqui, mas era impossível. Todos os pontos fazem sentido ali. Todas as palavras fazem sentido onde estão. Tudo, assim como está, faz sentido quando falo de mim. 

"Às vezes é preciso dar murros na mesa. Dizer que se está descontente. Que assim não dá.
Nunca fui daquelas pessoas que enchem o saco para evitar confrontos. Que se calam, que engolem em seco, que devoram sapos atrás de sapos, para ver se tudo passa, se melhora, se sossega.
Prefiro, de longe, um confronto produtivo, que resulte em mudança de parte a parte para que as coisas cheguem a bom porto, do que uma paz podre que invariavelmente terminará em guerra e até em morte.
Não sou de levar desaforos para casa.
Se sinto que as coisas não estão bem, digo. Queixo-me. Protesto. Bato o pé.
Acho mais justo.
Quem aguenta situações de que não gosta em silêncio, um dia passa-se de vez e diz tudo como os malucos. O outro, que nunca recebeu qualquer sinal de descontentamento, fica em choque. Ninguém lhe disse que estava errado, ninguém o avisou. E, assim na ignorância, foi perpetuando tudo aquilo que minava aquela relação. Sem saber. Sem hipótese de corrigir. Sem segundas oportunidades.
Fazer isto a quem quer que seja é uma espécie de traição.
E é por isso que odeio o não-dito. Odeio a falsidade. Odeio as águas paradas, a paz podre.
Comigo a coisa é pão-pão, queijo-queijo. Gosto: digo. Não gosto: digo. Detesto: grito.
Comigo há confronto. Há lugar para a crítica. Há murros na mesa.
Há rachar para não partir.
Só assim se pode construir uma relação verdadeira.
Só assim se pode corrigir o que está mal, sem perder tudo o que está bem.
Só assim entendo o amor, a amizade, a vida.

Hoje foi dia de dar um murro na mesa."
By: Sónia Morais Santos (Cóco na Fralda)

 

 

 

____
By: Olga Ferraria